Iluminação: como escolher de acordo com cada cômodo da casa

A iluminação de casa é um detalhe importante, porque ajuda a transmitir sensações em cada ambiente, além de torná-lo funcional, com luminosidade suficiente para transitar pelo cômodo sem sofrer pequenos acidentes.

iluminação-de-casa

No entanto, não é todo mundo que sabe como ter uma casa iluminada corretamente e acaba cometendo erros comuns, como incluir vários pontos de luz desnecessários ou escolher a lâmpada inadequada.

Quer montar uma iluminação para casa perfeita? Veja, aqui, como escolhê-la conforme cada ambiente e torne seu lar muito mais bonito, aconchegante e funcional.

 

Como iluminar áreas frias

Áreas frias, também chamadas de úmidas, são aquelas onde há uso constante de água, como a cozinha, banheiro e lavanderia. Nestes ambientes, a regra é usar a luz branca, porque torna as áreas mais claras.

Além disso, a luz branca também é uma excelente opção para escritórios / home office, uma vez que tem função estimulante e ajuda a despertar e ter melhor capacidade de concentração e desempenho.

 

Iluminando áreas de descanso

As áreas de descanso são a sala e o quarto. Nestes ambientes, a luz amarela é a mais indicada, porque cria uma sensação de conforto e aconchego. Inclusive, a iluminação com essa tonalidade não compromete o sono, sendo uma aliada de quem tem dificuldade para dormir.

Caso não goste muito da luz amarela, uma dica que funciona muito bem é investir em um projeto que mescle esse tipo e a luz branca, garantindo um resultado harmônico e perfeito para áreas quentes.

 

Iluminação para área externa

Tenha em mente que a iluminação em áreas externas, como o quintal, será utilizada apenas de noite, portanto, terá como finalidade reforçar a visibilidade. Para isso, indica-se a luz branca, que é mais clara e estimulante.

Só há um caso em que outro tipo de luz é indicado para áreas externas, quando a casa tem um projeto de paisagismo, como um jardim, e existe o desejo de realçá-lo/valorizá-lo de noite.