Quer pagar como? Saiba mais sobre como fugir dos abusos e das falsas promessas no financiamento de imóveis!

Ao tomarmos a iniciativa de sair para procurar casas, apartamentos e sobrados à venda em Curitiba, já estamos dando um passo à frente para realizar o sonho da casa própria. É quando, muitas vezes, nos deparamos com a dificuldade do pagamento do imóvel. O financiamento é muito comum nesse caso e tem se tornado cada vez mais simples conseguir a aprovação de um financiamento bancário – no nosso site é possível acessar simuladores de diversos bancos (simule aqui seu financiamento).

Sonho da casa própria

Sonho da casa própria

O problema é que o comprador tem medo, pois o histórico do financiamento imobiliário no Brasil reflete uma situação problemática e até desesperadora para os mutuários, que ao receberem aumento no salário viam as prestações sofrerem reajustes absurdos em meados dos séculos 80 e 90. Na verdade, a questão foi amenizada mais ou menos em 2000 com o início de uma nova fase para o crédito imobiliário. Foi então que o Governo permitiu que os agentes criassem seus próprios planos de pagamento, alavancando a concorrência entre as entidades financiadoras e, consequentemente, melhorando as condições para quem vai financiar.

Mas, mesmo assim, é importante ficar atento às taxas de financiamento. As facilidades prometidas pelos corretores nem sempre são cumpridas à risca e o prejudicado pode ser você! Ao fazer um financiamento, preste muita atenção nas condições de contrato. Lembre-se que quanto maior o prazo de financiamento, maior o valor que você vai pagar pelo imóvel. Num financiamento de cinco anos (ou 60 meses), por exemplo, você pagará uma prestação mensal de 2,5% do valor do empréstimo. Isso significa que, no fim do pagamento, você terá pago 50% além do valor do imóvel. Uma boa dica é, se você tiver economias guardadas e pretender gastá-las com o imóvel, dar uma quantia razoavelmente alta de entrada para diminuir o número de parcelas.

Fazendo as contas do seu financiamento

Fazendo as contas do seu financiamento

Podemos comparar também o financiamento ao consórcio. Ambos têm vantagens e desvantagens. Enquanto que o financiamento lhe permite ter acesso ao crédito assim que for liberado, ao optar pelo consórcio você precisa esperar ser o sorteado para poder pegar as chaves do imóvel. Entretanto, nos consórcios são cobradas apenas taxas de administração, já os financiamentos são famosos pelas altas taxas de juros.

E uma boa notícia: para todos os modelos de imóvel, sejam as casas, os apartamentos ou sobrados Curitiba tem agentes de ótima qualidade e construtoras que podem lhe ajudar a encontrar a melhor forma de você efetuar o pagamento da sua casa própria!

Você tem alguma dúvida sobre financiamento? Entre em contato conosco. Responderemos tudo que estiver ao nosso alcance!