3 locais para manter higienizados em sua casa

A pandemia causada pelo coronavírus fez com que junto ao isolamento social, fosse necessário repensar os hábitos de higiene bem como a forma como limpamos a casa. Isso porque ao sairmos, estamos propensos a entrar em contato com o vírus e a levá-lo para dentro de casa por meio da roupa e calçados.

manter a casa higienizada

Por ser um agente patológico que é transmitido por vias respiratórias que se propagam pelo contato interpessoal, objetos que tocamos com frequência, é muito importante tomar esses cuidados para evitar a transmissão do vírus. Manter os locais higienizados e adotar uma rotina quando for necessário sair de casa, pode proteger sua família.

 

Locais da casa que precisam de higienização

É importante que a casa também seja higienizada de forma adequada, pois o vírus consegue sobreviver 9 dias em superfícies, mas pode ser eliminado com a limpeza.  Dessa forma, é importante preservar os ambientes limpos com produtos adequados e certificados para total eliminação de ameaças externas.

Dos ambientes que precisam ser higienizados com frequência estão:

  • Área de entrada: é muito importante higienizar a área de entrada da casa, pois é lá que deixamos os calçados usados na rua e que podem estar contaminados. Vale ressaltar que os sapatos devem ser desinfectados e higienizados também, pois podem ser agentes contaminadores se ficarem do lado de fora.
  • Lavanderia: é lá que ficam as roupas e sapatos que usamos para sair de casa. Por isso, é vital higienizar e desinfetar a lavanderia, principalmente os cestos de roupa. Evite chacoalhar as roupas para que o vírus não se propague.
  • Banheiros: esta é uma área que concentra umidade e é ideal para a proliferação de bactérias. Dessa forma, sempre limpe e desinfete o chão e passe álcool gel 70% para desinfetar o assento.

 

Leia Mais:

>> 5 dicas para decorar a casa durante a quarentena

>> 5 ideias para uma decoração sustentável

 

Boas práticas para limpeza da casa na pandemia

Agora que limpar a casa vai muito além dela estar “ajeitada ou não”, existem algumas recomendações para que os cuidados com a saúde da sua família sejam intensificados durante a pandemia (e até mesmo depois dela!).

 

1) Frequência

Não existe uma frequência de limpeza da casa, pois isso depende se no ambiente há alguém infectado e se há pessoas em exposição. O ideal é intensificar a faxina prestando atenção aos cômodos mais críticos como cozinha e banheiro, que devem receber atenção diária.

 

2) Preste atenção aos detalhes

Poucas pessoas prestam atenção a isso, mas alguns objetos também precisam ser higienizados. Maçanetas, corrimãos, controles remotos, interruptores e aparelhos eletrônicos também precisam ser desinfetados. Para isso, o álcool 70% é uma boa opção.

 

3) Mantenha os ambientes secos

Um hábito comum e que precisa ser mudado é passar um pano úmido no chão e deixar que ele seque sozinho. Isso é um erro. Microrganismos permanecem na superfície enquanto ela não for lavada novamente aumentando o risco de contaminação,

 

4) Use os produtos corretos

Para realizar a limpeza geral, a água sanitária diluída é a melhor opção para eliminar bactérias, segundo o Ministério da Saúde. A proporção para realizar a higienização é uma medida de água sanitária para nove medidas de água. Para louças e roupas, não misture os detergentes, cada um com seu produto, pois assim eles têm a eficácia garantida.

 

Observando esses cuidados, fica mais simples cuidar da sua família e se proteger do Covid-19. Com a casa higienizada, você garante que não haja a contaminação do vírus e consegue aproveitar mais momentos especiais no futuro. Essa situação é passageira, por isso, fique em casa e se cuide.